~ antes de eu começar a falar da emocionante posse de Barack Obama, vou comentar sobre os dois últimos dias de desfile do SPFW.

Segunda-Feira: Foram marcados pelos desfiles das grifes  Isabela Capeto, Ronaldo Fraga, Alexandre Herchcovitch, Forum Tufi Duek,  Do Estilista e  Lino Villaventura.

Isabela Capeto, usou o jeans levemente alta e  gancho mais baixo, os vestidos com barra plissada, xadrez ,curto e com mangas sua cartela de cores  abrange tanto o preto da estação ao colorido, a cores mais vivas ou mais lavadas.

Ronaldo Fraga, emocionou a platéia e a todos aqueles que assistiram o seu desfile, típico da semana mais emocionante para o mundo (OBAMA). Trouxe para passarela pessoas reais para desfilar suas coleções, desde as crianças aos idosos. Sua apresentação tentou comparar entre os novos e o velho,  desde a estrutura do desfile aos modelos. Já sua  coleção sugere o conforto adquirido com a modelagem afastada do corpo em chemise , leggings furadas em preto e pink. Para os homens camisas, paletós, smokings e calças de alfaiataria. E paras as crianças  macacões que têm orelhas nos capuzes. Quimono faz a moda das meninas e blusas a dos garotos. Após toda a apresentação Ronaldo foi aplaudido em pé, digno de seu trabalho!

Alexandre Herchcovitch abusou de recortes, cortes, pregas, bordados, franjas, tecidos que pareciam ser peles, vestidos curtíssimos e botas acima do joelho. Para Forum Tufi Duek deixou a mulher sofisticada,  apresentou a calça-bota toda em couro, túnicas, batas com mangas volumosas e vestido trapézio plissado, a saruel e os coletes, se definem em um inverno chic com um lado selvagem feminino. O inverno da grife Do Estilista,  (estilista Marcelo Sommer), estabeleceu um mix de  estampas em xadrez, risca de giz e as de rostos de pessoas, tudo em uma única peça, tecidos leves também chamam a atenção, as franjas, vestidos e camisas entram no jogo. Para   Lino Villaventura as cores que vão predominar são o preto e os tons vibrantes de vermelho e dourado.

 

Terça- Feira foi o dia das grifes  Iódice, Carlota Joakina, 2nd Floor,  Fábia Bercsek,   Huis Clos,Triton e Cavalera. Todos os desfiles foram bonitos, mas o que mais chamou atenção no terceiro dia de desfile foi a Grife Huis Clos, em coleção totalmente chic e sexy. Suas peças traziam as correntes douradas usadas como alças e acopladas aos vestidos e blusas, pantalona em modelagem mais ajustada, o blazer feminino, macacões longos. Sua cartela de cor além do preto, o rosa, azul e off white compõem as produções de inverno, uma coleção em que a famosa frase entre os blogueiros sobrepõe “menos é mais!”.

Agora vêm a pergunta, nós brasileiros podemos fazer um desfile a altura de um Europeu?

Sim, nós podemos.

E essa foi a frase que usei pra titular o post de hoje, em homenagem ao SPFW que mais uma vez está se tornando brilhantemente reconhecido, mesmo com todas as suas diversidades. E, é com essa frase, que vou falar da minha emoção e a emoção de mais de 2 milhões de pessoas ao assistir a posse do Barack Obama á presidência do EUA.

Além de representar uma grande esperança para a nação mundial, Obama se tornou um símbolo para as pessoas, que ali o assistiam silenciosamente, comovidos por milhões de motivos de ele ser o 1° do mundo.

Depois de toda a demagogia, ignorância e rostos tristes com a política firmada pelo governo Bush, a nação pode sentir o gosto da esperança, depois de muito tempo em seus olhares. Bom mesmo seria, se os jovens de hoje em dia se espelharem aos anos 60,70 e 80’s, e se unicem para tornar um mundo melhor. Infelizmente como isso não irá acontecer tão cedo, rezamos, para que, este governo saiba  governar de verdade, sem passar por cima de mais corpos, desgraças, crises e guerras.

Agora você deve estar se perguntando: E aos jovens brasileiros, será que eles poderão mudar a política brasileira?

SIM, NÓS PODEMOS!.

Ilustração.

Ilustração.

 E não podemos esquecer:

  Ajude nosso Planeta, reciclar é exercer a inteligência

Anúncios